segunda-feira, 8 de junho de 2015

LONGE É UM BOM LUGAR

"Longe é um bom lugar" (o resto são histórias) é um livro que reúne 20 pequenos contos de Mário Zambujal, num total de apenas 150 páginas. 

O primeiro, e mais engraçado no meu entender, conta a história de um homem que é um dos elos de um triângulo amoroso, que tenta a todo custo esconder. Médico bem sucedido, tem como um dos principais objectivos na vida escrever um livro, mas tem ideias muito definidas sobre o seu conteúdo:

"Dizem que os romances contêm sempre alguma coisa de autobiográfico e isso eu não queria. Nada de memórias ou traços de identificação com personagens, a primeira preocupação era justamente evitar situações e comportamentos da minha própria existência. Havia de mover-me por imaginários lugares e com gente inventada.  O melhor que me ocorreu foi situar a história em época anterior ao meu nascimento, com esse cuidado impediria o protagonista de imitar-me."

"Julgo-me prevenido contra o uso de lugares-comuns. No meu livro não terão metáforas gastas como a cereja no topo do bolo, a ponta do iceberg e a caixinha de surpresas. Todavia, sejamos justos, o lugar-comum tornou-se comum pelos seus méritos. Ninguém lhe reconhece autoria mas começou por rasgo criativo e chegou a propriedade pública. O mesmo digo de outra trivial asserção, as aparências iludem. Não há modo de traduzir em menos palavras tão robusta verdade."

Hummm... será que com tantas condições, a empreitada teve sucesso?

7 comentários:

  1. Gostei de todos os livros que li de Mário Zambujal...

    Beijinhos e boa semana, ma belle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas, SÃO! :)

      Beijocas e bom feriado!

      Eliminar
  2. O primeiro foi: Crónica dos bons malandros. Depois: Histórias do fim da rua. A seguir... os que vieram a segui!
    Gosto do que escreve e de como o faz. Sou, sem dúvidas, um seu fiel leitor.
    Beijokas encadernadas com sorrisos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já li quase todos os livros que escreveu, KOK,faltam-me apenas um ou dois.

      Beijokas sempre sorridentes! :)

      Eliminar
  3. É a segunda vez hoje que "tropeço" no Zambujal (a outra foi no blogue da ematejoca).
    O que então comentei, comento agora - o Zambujal, para mim, ficará sempre associado ao inolvidável "Pão com Manteiga"
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza,PEDRO. Mas Mário Zambujal não se esgotou nesse pão... :)

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)